Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



10 de jul de 2010

Diego Dayer




países baixos


rasguei
ó sutiã

(empáfia vã)

rasguei
a calcinha

(glória de mentirinha)

rasguei
a meia nylon

(negaça em vão)

rasguei
os lábios

(odores sábios)

rasguei
a vagina

(vesga malsina)

enjaulei
-me



Sylvio Back