Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



10 de jul de 2010

Diego Dayer





tolo Sísifo


a mulher e seus fogos de afago
o homem e seu pássaro falaz
a mulher e seus gargalos letais
o homem e seus solitários ais
a mulher e seus mil orgasmos
o homem e seu unívoco ocaso
a mulher e seus líquidos infinitos
o homem e seu fatídico fastio

a mulher toda em si
o homem tolo Sísifo

Sylvio Bach