Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



2 de mar de 2010

Oxana Yambykh

 


SER MULHER


Que prazer me dá ser mulher,
e ter esses peitos redondos, grandes
e me proclamar de fêmea,
que nas horas de amar,
enchem mãos de homem,
matam fome,
como se fossem maná.


Gosto de minhas ancas largas,
das nádegas carnudas, arredondadas,
ajudando o vento arruaceiro
a Bambolear, fazer presente
minha saia,
despedida por olhos arteiros.


Gosto de tirar do guarda-roupa
calcinha brancas, sutiãs rendados
com perfume de primavera,
vesti-los,
sentir mãos mestras roçando-os,
num jogo fácil, despindo-os,
ganhando tudo,
me deixando sem nada,
porém, saboreando.

Rosa Clement