Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



2 de mar de 2010

Oxana Yambykh

 


Universo masculino


Quando o luar se inclina pela janela
e mostra tua nudez,
és como um céu luminoso,
e eu quero compartilhar com a lua,
teu universo masculino.

A lua se deita no teu peito,
eu aqueço ainda mais teu corpo
com os meus lábios mornos.
Mas eu, sou tua estrela do desejo,
teu astro em fogo, na cama.

São as luzes do jardim
que desenham sombras voluptuosas
com as nossas silhuetas,
porque a lua envergonhada
se esconde no seu próprio céu.
Eu fico para explorar o meu,
de cima, de baixo..


Rosa Clement