Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



29 de dez de 2012

Kiéra Malone





afogados

omar me quer
a sua língua
lânguida quente
lambe-me os pés

omar me pede
não se contenta
toca-me as pernas
alcança o ventre

omar se atreve
roça-me o peito
suga-me a boca
o pensamento

amar oh mar
ô morte
l e n t a

* líria porto