Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



27 de mar de 2012

Gianni Bellini




Partida

Em torno de ti tudo o que é ser
balança incansável a cauda…
Eu desaponto teu fiel séquito
com a desobediência civil
da minha atormentada alma.
Incontáveis lendas legendam
teu porte, tua alvíssima pele.
A mim, consideram partida…
Mas do teu pau, tantas asas,
quantos castelos construíram?
Eu desmonto teu exército
de bacantes, ovelhas rivais…
Exibo, impassível, a todas,
as feridas abertas, latejantes
da tua morada em meus canais.

Helga Holtz