Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



6 de jul de 2010

Zena Holloway




NOTÍVAGA


Sou bruxa...
amo a noite
e a escuridão,
a lua cheia
me transforma,
me transporta...
pra outra imensidão,
outra dimensão
cheia de loucura,
luxúria e paixão.
Não tenho medos
nem receios
na noite,
na madrugada,
na caminhada,
no silêncio ou
na solidão gelada.
A noite me acalma,
me inspira,
me excita!
Meu mundo gira
na noite...
Gatos pardos,
sonhos dourados,
céus estrelados.
Sou artista,
sou amante,
sou errante.
Criatura da noite...


Marcia Mattoso