Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



6 de jul de 2010

Zena Holloway






SONHO INTERIOR


Sonho interior...
meu espírito dança
em ritmo lúdico,
único...
com movimentos lentos,
melados, molhados,
sentimentos selados
em registros cálidos,
surpreendententemente
envolventes...
são momentos sólidos
de movimentos tórridos,
emocionalmente intensos.
No toque ansioso,
a integração cósmica
viabiliza a métrica,
essencialmente rítmica,
numa diversidade gritante
de sensações antológicas,
mutantes.
O meu interior sonha
e o meu espírito dança...


Marcia Mattoso