Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



20 de jun de 2010

Ray Caesar




AMOR NO JARDIM


Estavas tão linda...
Despertastes uma ternura infinda...
Naquele gramado sentada...
Olhando-me, apaixonada...
A Natureza, sempre inspira amores...
Tão belas as flores,
exalando exóticos odores...
Inspiraram nosso amor...
Beijei-te com fervor...
Nossos corpos enlaçados,
em carinhos apaixonados,
iniciaram o bailado da paixão,
à qual nos entregamos, com emoção...
Livres das roupas, juntamo-nos,
e em frenéticos movimentos, amamo-nos...
Depois do amor, deitados,
languidamente abraçados,
aspiramos o perfume das flores,
misturado a nossos odores...
O odor do amor...
O perfume da flor...
Beijos trocados com calor...
... e a doce continuação do amor...


Marcial Salaverry