Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



1 de mai de 2010

José Roosevelt/Juan Alberto




A Natureza ama!


A Natureza ama!
Nas espumas que se elevam
da água, batendo na Terra,
fecundando-a,
mil rostinhos surgem nevoentos -
Arranco imagens dos sons, dos aromas
e do sabor das frutas!
A força delirante do desejo
transmite amor!
Dos gemidos cantantes fica no ar
o sussurro de uma voz!
Eco alado que me procura
a responder o meu chamado!

Vens a mim e eu te recebo!

Viestes!
Eu mal pude acreditar!
Fiquei calada
com receio de que o sonho se acabasse
e tu me deixasses!
Ouvi tua voz, chamando-me
e meu coração pulsou mais forte!
Depois...
foste embora novamente!

Fiquei observando o teu modo de andar,
enquanto te afastavas!


Cassandra Rios