Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



14 de dez de 2009

Taras Loboda




Folhas de Outono


Ah que saudades ... muita mesmo
Chego a estar embriagada
olhando essas árvores de outono
Lembro -me bem ...



Parecíamos adolescentes ...
Catando folhas ao chão
Ao vento ... de mãos dadas
entre um olhar e outro
Mãos se apertando ..
Lábios se procurando



Muitos desejos despertados
Aquelas folhas caídas ...indo pelo chão
Não tínhamos mais olhos pra elas ..
Nos beijamos então



Que saudades ...folhas ao chão
Lindas tardes ...
Sol se escondendo entre as montanhas ..
Nos amamos, como adolescentes ..
nada pode ser tão lindo,tão forte
Puro e verdadeiro
Como esse amor de outono
Leve como as folhas soltas ao vento ...



FOLHAS AO VENTO .... DOCES MOMENTOS !




MARLENINHA CASTILHO