Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



27 de nov de 2009

Cohen Fusé



Tuas Mãos Em Mim

Mãos suaves de carícias macias
Mãos sedutoras e certeiras
Pelo meu corpo passeiam
Despertam desejo e paixão
Mãos loucas e ousadas
Deslizantes, inebriantes
De toques quentes
Embriagantes arrebatam-me
Tuas mãos de amor
Quero sempre
Contornando meu corpo

Desenhando-me mulher

Silvia Costa