Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



29 de dez de 2012

Kiéra Malone





amantes

haverá medos abismos delírios
uma corda no pescoço e o gozo meu querido
muito pouco porque rápido porque escondido
porque o paraíso é o inferno duradouro

*líria porto