Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



6 de jul de 2010

Zena Holloway




VIDA PERIGOSA


Vida...
sedutoramente perigosa,
em extremos que nos levam
do céu ao inferno em um segundo,
mostrando os prazeres,
escondendo os riscos do mundo.
Fazendo do intelecto a procura
do discernimento para escolher
entre o bem e o mal,
distinguindo o imaginário do real.
Tomando atitudes que quebrem a ilusão,
uma alma com razão
e necessidades humanas.
Um coração ardente que se faz consciente,
esquecendo a importância do restante.
Joga-se para escanteio
o perdido e o feio.
Realiza-se o que se tem em mente,
vive-se...perigosamente!


Marcia Mattoso