Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



12 de mai de 2010

Renso Castañeda Zevallos



Estranho adeus


Rasga tua boca
em minha faca
sente a dor
prescrever o verso que tu vais gozar
vê sangrar
num canto da tua boca o gosto
do meu beijo

Aí sim
podes pedir que eu me vá


Eliana Mora