Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



23 de mai de 2010

Karol Bak



Louca de Prazer!



Quero me afundar no teu peito,
Sentir teu cheiro, tocar teus cabelos,
Roçar meu rosto, em tua barba por fazer
Deslizar minhas mãos pelo corpo todo,
Vê-lo suspirar, gemer
Beijar tua boca demoradamente,
Deixar que nossas línguas se entrelacem,
E nos deixe loucos de prazer
Contornar teus lábios,
Com minha língua sinuosa,
E descendo um pouco...
Deixando-te totalmente louco...
Abocanhar teu membro rijo,
Sentindo o teu pulsar
Depois me abrir inteira...
Deixar que me penetre,
Com força e meus cabelos puxando,
Para juntos gozarmos mais de uma vez!


Paty Padilha