Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



26 de mai de 2010

Karol Bak




Venenosa!



Sou terrível,
Sou teimosa,
Sou tinhosa,
Sou de lua!

Não me tente, homem safado,
Que me mostro toda nua!

Não me tente, homem devasso,
Que enlouqueço,
E de todos os pudores esqueço!


Paty Padilha