Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?

Fernando Pessoa



25 de mar de 2010

John Enright



Bacante III


Leite de mulher amada
é como lua crescente
tetas de mel saliente,
feito de uva rosada.
Mais belo em sua nascente
rio de torrente domada;
solo de fruta doirada
delírio vivo de crente.
Por bebê-lo, hei renascer,
no olor de ouro buquê:
vinho suave de beber.
Bom na Germânia, porque
de origem, nas videiras
ouve-se a uva crescer!

Anibal Beça